• WR São Paulo

A importância do artesanato na cultura brasileira


Todos sabemos que o artesanato é a uma das maiores expressões culturais popular de um povo, e que geralmente é realizado por meio de muita tradição, sendo passado de geração para geração por mãos talentosas e que carregam consigo muita manifestação de cultura e sabedoria.


No Brasil, por exemplo, temos uma infinidade de criativos que representam histórias e dialogam com as características de cada região desse país tão plural e diversificado. O nosso artesanato expressa a força e a criatividade de um povo que sabe como trabalhar com as mãos, as cores e os insumos da natureza, e que, por meio de muita dedicação se transformam em artefatos valiosos, únicos e inspiradores.


De norte a sul no país existem inúmeros artistas conhecidos ou anônimos, sendo a grande maioria digna de sucesso e de renome internacional.


Como o artesanato está ligado ao trabalho manual, ele requer muito tempo de dedicação ou preparação, portanto, é importante lembrar que ao adquirir uma peça de artesanato, ela não é simplesmente um produto material que se vê ali, mas é, também, produto do tempo, que requer muitos detalhes e muito cuidado, por isso, o valor da mão de obra em uma peça de artesanato é tão simbólico.


Além de ser uma peça cultural de extrema importância para reforçar a cultura de um povo, o artesanato é, também, um importante vetor de desenvolvimento econômico e social, pois, muitos artesãos criam produtos e vivem da renda do seu produto criativo, estimulando uma economia que não para de crescer, sendo essa uma boa oportunidade para muitas famílias mudarem sua própria condição social.


Atualmente, com o desenvolvimento de novas tecnologias, muita inovação, criatividade, capacitação, apoio e oportunidades de escoar seus produtos como feiras e lojas na internet, podemos dizer que o setor se desenvolveu, se organizou e cresceu com força, movimentando valores expressivos no PIB nacional, como por exemplo os R$ 50 bilhões gerados apenas em 2018 e sustentando cerca 10 milhões de pessoas. (Fonte: G1).


Porém, para se obter sucesso neste grande setor é importante ressaltar que saber precificar seu produto fará muita diferença na hora de fechar as contas do mês e garantir um bom rendimento. Portanto, você que trabalha e vive de arte, artesanato ou artes manuais não pode se esquecer de que, na hora da precificação, cada detalhe conta, seu tempo, suas matérias-primas, água, luz, envio pelos correios ou outro veículo e muito mais. O bom planejamento financeiro irá garantir a sustentabilidade de seu negócio.


Dessa forma, finalizamos esse texto te convidando a olhar para o seu empreendimento de artesanato e pensar: Será que realmente estou sabendo precificar meu produto para garantir o retorno financeiro desejado? Como posso melhorar no quesito retorno financeiro e ainda fazer o que gosto? Será que devo investir mais tempo em capacitação e aprendizado? Como está a minha participação nas feiras para impulsionar meu negócio? Estou fazendo o suficiente?


Deixamos aqui essa dica e esse pensamento para que você reflita e aguarde nosso próximo post com dicas e ensinamentos de precificação de produtos artesanais.


Então, vamos crescer juntos?

62 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo